Santo do Dia

Conheça a incrível vida do Santo do Dia de hoje e ao final coloque suas intenções para serem lembradas nas Santas Missas e Adorações ao Santíssimo Sacramento.

São Januário (São Gennaro) – bispo e mártir | 19 de Setembro

São Januário, bispo de Benevento, sofreu o martírio em Nápoles, junto com os seus companheiros, durante a perseguição de Diocleciano. Os bispos de Benevento com esse nome são pelo menos dois: são Januário, mártir em 305, e são Januário II que em 342 participou do concílio de Sardes. Este último, perseguido pelos arianos por causa de sua adesão à fé de Niceia, teria sido venerado como mártir. Mas a maior parte dos historiadores são propensos a identificar o padroeiro de Nápoles com o primeiro, ou melhor, com o mártir napolitano de Pozzuoli. Fora condenado às feras no anfiteatro de Pozzuoli, juntamente com os companheiros de fé. Por causa do atraso de um juiz, teria sido decapitado e não dado como alimento às feras.

Um século mais tarde, em 432, na oportunidade da trasladação de suas relíquias de Pozzuoli para Nápoles, uma senhora teria entregue ao bispo João duas ampolas contendo o sangue coagulado de são Januário. Como garantia da afirmação da mulher o sangue se liquefez diante dos olhos do bispo e de grande multidão de fiéis. O evento singular, desde então, se repete todos os anos em determinados dias: no sábado que precede o primeiro domingo de maio, nos oito dias sucessivos, a 16 de dezembro, a 19 de setembro e durante toda a oitava das celebrações em sua honra.

Os testemunhos sobre esse fenômeno começam a partir de 1329 e são tão numerosos e concordes de tal modo que não se podem contestar.

Terço Dourado - Salvai-me, Rainha de Fátima!

O prodígio, confirmado também pela ciência, é seguido por toda a população napolitana. A sincera devoção dos napolitanos para com o mártir, historicamente pouco identificável, fez com que a memória de são Januário, celebrada liturgicamente já desde 1586, fosse conservada no novo calendário. Como ao fenômeno falta explicação natural, não dependendo nem da temperatura nem do ambiente, podemos, de qualquer modo, atribuir-lhe o significado simbólico de testemunho vivo do sangue de todos os mártires na vida da Igreja, nascida do sangue da primeira vítima, Jesus Cristo.

São Januário, rogai por nós!

Ajude-nos a manter nossas campanhas de Evangelização e Caridade. Clique no botão e faça uma doação!

Deixe suas Intenções nas Santas Missas

Preencha o formulário abaixo, para que suas intenções sejam colocadas em oração nas Santas Missas.













Por que ler a vida do Santo do dia?

Você sabe porque é muito importante conhecer e meditar no exemplo de vida do Santo do dia?

É fácil perceber que os homens se influenciam mutuamente no relacionamento social. A criança imita os pais, os gestos de dois amigos tendem a se assemelhar, pois a imitação é conatural aos homens desde a infância, distinguindo-os como a criatura mais imitativa de todas.

Esse mimetismo inato vincado em nossa humanidade se verifica também no âmbito sobrenatural. Conforme frisou Bento XVI, “os Santos constituem o comentário mais importante ao Evangelho, uma atualização sua na vida cotidiana e, por conseguinte, representam para nós um verdadeiro caminho de acesso a Jesus”.(1) Podemos, sem dúvida, considerá-los como imagem de Deus transposta para o dia a dia.

O conceito de imitação de Cristo – diretamente ou através do Santo do Dia – está presente nos Livros Sagrados, sobretudo nas cartas de São Paulo, como a destinada aos filipenses: “Sede meus imitadores, irmãos, e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós” (3, 17).

São Francisco de Assis estava bem cônscio de seu papel simbólico quando dizia: “Devo ser modelo e exemplo para todos os frades”. (2)

Para o homem contemporâneo essas analogias entre Cristo e os Santos poderiam parecer despropositadas ou mesmo maldosamente tachadas de “culto à personalidade”.

Por isso, é fundamental ler a história do Santo do Dia para que conhecendo o exemplo deles e admirando-os, você aprenderá como adequar nossas vidas à santidade que Deus quer de nós.

Siga-nos!

Você usa redes sociais? Se ainda não nos segue no Facebook ou no Instagram clique para nos seguir.

Se desejar, baixe o nosso App Salve Maria! clique aqui e tenha o Santo do Dia, a Liturgia Diária, o Rosário e muito mais na palma de sua mão.