Sorriso de Bernadete faz descrente acreditar.

Descrente: – Estando eu a passeio nas imediações de Lourdes, achei engraçado quando disseram que a Virgem sorrira para a vidente, e quis surpreendê-la na mentira.

Fui à casa dos Soubirous e encontrei Bernadete sentada à porta cerzindo meias, e ela contou-me as aparições com toda a simplicidade e convicção. Então, desejei saber como foi o sorriso, acrescentando que sou incrédulo e não creio nas aparições. O rosto de Bernadete tornou-se triste e severo.

Bernadete – Então julga o senhor que menti? Bem, tentarei imitar o sorriso de Nossa Senhora.

Descrente: – A menina ergueu-se lentamente, juntou as mãos e um reflexo celeste iluminou seu rosto. Um sorriso divino, que jamais vi em lábios mortais, encantou os meus olhos…

Ela sorria ainda, quando caí de joelhos, vencido pelo sorriso da Imaculada nos lábios da ditosa vidente. Nunca mais se me apagou da imaginação aquele sorriso divino.

Como se sabe, em 1858, confirmando a definição dogmática feita por Pio IX quatro anos antes, Nossa Senhora veio do Céu até Lourdes, onde disse à Bernadete Soubirous: Eu sou a Imaculada Conceição!

Conheça um pouco mais sobre as aparições de Nossa Senhora em Fátima. Clique aqui: https://salvaimerainha.org.br/historia-de-fatima/


Ajude-nos a evangelizar: Quero Ajudar!

Faça parte desta evangelização digital: Quero me Cadastrar!

Coloque seu nome no Coração de Maria!

Ouça este arqtigo