Você já ouviu falar da antiquíssima Oração do Angelus? Você já rezou alguma vez essa oração? Você sabe bem qual a importância desta oração?

No final do artigo eu partilho com você a Oração do Angelus para que possa rezá-la, no entanto, deixe que lhe conte brevemente a história desta oração.

Os dias de hoje são frenéticos! Cada um de nós, desde o momento em que acorda até ao momento em que se deita à noite, é praticamente obrigado a correr continuamente. Arruma-se correndo; corre para os transportes; chega no serviço correndo; almoça correndo; trabalha correndo; volta para casa correndo; prepara o jantar correndo e vai dormir correndo. O corpo ainda está tomado pela agitação do dia, mas temos de o obrigar a dormir correndo senão, no dia seguinte não teremos forças para continuar correndo…

Acontece que este estilo de vida que muitas vezes nos é imposto, facilmente nos fará perder o “sabor” do dia-a-dia. Literalmente, estaremos “correndo” o risco de vivermos sem termos vividosem termos tido tempo para dar valor e agradecer todas as graças e benefícios que Deus nos dá diariamente!

>>> Você quer receber um terço em sua casa? Então, peça o seu aqui! <<<

Corremos também o risco de nos esquecermos de levantar nossos olhos para os pontos mais altos da existência humana: agradecermos a Deus pelo dom da vida; agradecermos a Deus pela nossa família; agradecermos a Deus por Ele se ter Encarnado, ter morrido por nós e ter permanecido conosco na Eucaristia!

E quão triste será nossa vida, se nos esquecermos de contemplar e agradecer esses fabulosos dons recebidos de Deus. Quão “sem sentido” será nossa vida se nos esquecermos desse Deus que se fez homem para nos salvar!

Para ajudar a humanidade a não cair nesse terrível esquecimento, é que há cerca de 1000 anos atrás, o Papa Urbano II (esta oração é atribuída a este mesmo Papa que conclamou as Cruzadas) compôs esta oração em honra à Encarnação do Salvador no ceio puríssimo e virginal da Virgem Santa Maria.

“Naquele tempo, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria.”

É desta forma sacral e poética que São Lucas narra a aparição do Anjo a Maria, e a Encarnação do Verbo! Este episódio é a essência da Oração do Angelus e é por causa desta aparição do Anjo, que a oração recebeu a nome de Angelus.

A Igreja Católica comemora anualmente a Anunciação do Anjo Gabriel a Maria, 9 meses antes do Natal, ou seja, no dia 25 de Março! No entanto, a Anunciação e Encarnação mudaram de tal forma a história da humanidade e têm uma importância tão central para a nossa salvação, que não poderia ser que fossem recordadas somente uma vez ao ano, ou somente quando alguém se lembra-se de rezar esta oração criada pelo Papa… era necessário relembrar diariamente!

Assim, a piedade católica foi criando o hábito – que se transformou na tradição – de rezar a Oração do Angelus 3 vezes ao dia: às 6h, às 12h e às 18h.

Desta forma, ao nascer do sol, no auge do dia e ao por do sol, somos convidados a relembrar e agradecer, por meio desta oração escrita pelo Papa Urbano II, o desproporcionado dom da Encarnação.

O Angelus é composto por três invocações, cada uma com a sua devida resposta, e as três juntas descrevem o mistério da Encarnação do Filho de Deus. As invocações são acompanhadas de uma jaculatória, uma breve oração e três Glórias.

ESTA ORAÇÃO REZA-SE EM MENOS DE 5MIN!

Será que você terá 15min por dia, para dizer a Deus que você se lembrou e agradece o fato de Ele se ter Encarnado por você? 

Façamos esse propósito de rezarmos frequentemente esta Oração do Angelus, e vejamos como ao relembrarmos Jesus e Maria no início, no auge e no fim do nosso dia, nós conseguiremos mais facilmente não nos esquecermos do essêncial da nossa vida espiritual, fugindo assim do perigo de estarmos correndo uma vida não vivida e não meditada!

>>> Quer que rezemos por suas intenções? Clique aqui! <<<

 

ORAÇÃO DO ANGELUS:

Proposta: O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
Resposta: E Ela concebeu do Espírito Santo.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.

Proposta: Eis aqui a escrava do Senhor.
Resposta: Faça-se em mim segundo a vossa palavra.

Ave Maria…

Proposta: E o Verbo se fez carne.
Resposta: E habitou entre nós.

Ave Maria…

Proposta: Rogai por nós, Santa Mãe de Deus!
Resposta: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

OREMOS: Derramai, ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por Sua Paixão e Cruz, à glória da Ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor.

Resposta: Amém.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

(Repete-se o Glória mais duas vezes)

>>> Ajude a evangelização do Brasil! Ajude-nos com uma doação! <<<